Em junho a turminha do 2º período vespertino teve que realizar um desafio usando a pinça e grãos de feijão. E para finalizar esse mês, arte! Através da técnica pintura com saco plástico.

No mês de junho não tivemos só a nossa Juninarte, a turminha do 2º período vespertino também fez arte nas atividades de registro. Usando a técnica impressão com as mãos. Faça você também!

Vocês acharam que tinha acabado? Nossa juninarte fechou com chave de ouro, tivemos cineminha especial com a Turma do Sítio do Pica Pau Amarelo, com a turma on-line e com a turma presencial. Sem contar com a preparação para o nosso drive thru.

JUNINARTE ONLINE

Pensa num trem bão nossa juninarte! Tivemos apresentação on-line com a música planta bambolê, do grupo Palavra Cantada, pescaria e desafio do encaixe de bexiga no copo. Eh, mês de junho que foi bão!!

Mês de junho do Colégio F.A.S. foi “bão demais”. Nossa juniarte foi um sucesso! A turminha do 2º período realizou uma releitura da obra de Antônio Eustáquio de Jesus, arte naif.

Nossas tardes do mês de junho vão deixar saudades! Tivemos experimentos com a turminha do 2º período vespertino com a participação especial da professora de laboratório Gabriela.

FESTA JUNINA – 1º ANO

E a festa junina do 1º ano foi vdivertida e animada, com brincadeiras, comidas típicas e danças, deixando esse momento muito especial!

Projeto JUNINARTE, uma junção: características de festa junina, arte naif, tempos de pandemia. Um projeto dedicado a essa data comemorativa em um formato diferente. E para iniciar nossa semana em 14/06/2021, os protagonistas online deste evento se apresentaram com toda formosura.

A pescaria é uma das brincadeiras mais tradicionais de Festa Junina.

Ganha a brincadeira aquele que pescar o peixe, levando uma prenda preparada pelos organizadores do evento.

Em sala de aula, os alunos vivenciaram uma pescaria diferente: 20 TAMPINHAS PARA SEREM NUMERADAS DE 0 A 9 em dez tampinhas e depois nas outras dez tampinhas dividir a repetição dos números 1,2,3.

Ou seja, em três tampinhas escrever o número 1, em quatro
tampinhas escrever o número 2 e em três tampinhas o número 3.

Usamos a própria tampinha para desenhar o formato do círculo: colocaram um pouco de água em um recipiente e com prendedores de roupa foram pegando as tampinhas com números apresentados pela professora.

A atividade é de concentração, agilidade, adaptação da brincadeira junina, movimento de pinça, reconhecimento de números.

A professora apresentou os números 10, 11, 12, 23, 24, 25, 26, 37, 38, 39 para que os alunos retirassem do recipiente, formando os números e colocando-os sobre a mesa.

O desafio foi pegar as tampinhas usando as duas mãos simultaneamente.